"Mané Benfica" e a Revolução !!! ....uma "estória" canhota !!!

Não que eu desrespeite qualquer que seja a posição política ou a trajetória de quem quer que seja, principalmente em se tratando de soldados da mesma trincheira, mas a história do "Mané Benfica" tem que ser contada.
"Mané Benfica" é padeiro e hoje vende pão pelos vagões daqui do PTrem, mas já foi perseguido político em seu país natal. Veio pra cá logo após a queda do muro de Berlim e depois de passar muitos "apertos" na sua intransigente defesa dos nobres valores de esquerda de que sempre foi fiel militante .
Pois bem, Mané Benfica teria participado da retumbante Revolução dos Cravos em Portugal que logo em seguida foi abafada pelo General Spíndola ( aquele do "monóculo" no terceiro olho ). Temendo ser preso resolveu “dar um tempo” fora da "terrinha" migrando para Moscou. Chegando lá, foi logo de cara visitar o Túmulo de Lênin na Praça Vermelha e eis que aparece um cidadão moscovita e já comenta com o “portuga”( a tradução é simultânea !!! ):

-”Veja só este monumento, justa homenagem a um ícone revolucionário e comunista! Aqui se utilizou de mais de 300 toneladas de mármore de Carrara para embelezar a obra.”
daí que o português respondeu:
-”Com esta quantidade de marmore daria para enterrar bem uns 500 comunistas só lá na minha terra de trás os montes !!!”

Denunciado, o Mané Benfica foi convidado a “estagiar” por um ano na Sibéria para se orientar. Ao voltar e para melhor se entrosar com os camaradas resolveu dar uma “Festa Vermelha” em seu apartamento convidando todas as maiores autoridades russas, incluindo além dos membros do "Politburo", também o General Comandante do Exercito Vermelho Soviético e para evitar confusões afixou cartazes nas paredes com fotos de “todos” os grandes comunistas conhecidos. de Rosa Luxemburgo a Fidel, de Mao Tsé Tung a Trotsky, de Che Guevara a Stalin sem esquecer de Roberto Freire ( Hugo Chaves era recruta das Forças Armadas Venezuelanas na época e portanto não foi lembrado ). O General lá chegando de cara perguntou:

-”Quem colocou a foto deste filho da puta na parede?”
e o Mané Benfica de pronto:
-”Se o Senhor me disser ora pois qual dos “filhos da puta” a quem se refere eu retiro o "poster" agora mesmo... imediatamente !!!”

Aquilo lhe valeu desta vez mais cinco anos de “parada técnica” para ajustes de novo na Sibéria.
Depois desta temporada, retornando a Moscou achou por bem se esconder, não falar mais com ninguém e ficar incógnito, mesmo andando na rua todo disfarçado, escondendo o rosto com a gola do casaco e cobrindo a cabeça com uma boina foi reconhecido por uma velha camarada que o chamou aos berros:

-”Camarada Mané Benfica!!! a quanto tempo?... Voce sumiu, aliás eu não te vi na última reunião do partido !!!"
e ele:
-”Puta que pariu Opá !!!, mas se eu soubesse que era a última eu juro que teria ido !!!”

Para escapar do fuzilamento fugiu, se exilou em uma padaria aqui perto e agora a cada pão que vende é mais um discurso interminavel sobre valores marxistas ou uma saraivada de porradas a quem for divergente.
Hoje, 25 de Abril, a vítima foi um tal de Reinaldo Azevedo, um "paneleiro" integrante das "bestas fubangas" que escrevem na Veja e que estava tentando se matar por aqui bancando o "surfista de trem". Sabe-se que "a dor da besta é a de não nascer com chifres e a dor do chifre é de não nascer em certa gente", contudo a besta paneleira de que tratamos é mais um dos "Rasga-pregas da Tribo dos Sifú" que ficaram "zuretas" e desamparados depois da ascensão esquerdista ao poder na América Latina. Mané Benfica subiu no topo do vagão onde se encontrava o imoral atraindo o "animal" com um pãozinho molhado em soro das sobras do bacalhau e assim que o safado metido a suicida se aproximou, Mané desferiu-lhe uma "tapa" bem dada no pé do "zovido", jogando-o lá de cima pra baixo e para bem longe do trem, acabando de vez com aquele seu miado de "me jogo, não me jogo" típico de um abestado que faz de um tudo para aparecer ( e vender para seus acólitos da seita o seu único livro ).
Fez muito bem o nosso Mané Benfica !!! ganhou mais um pontinho na sua batalha para reparar antigas "cagadas" e a consequente reintegração na trincheira dos bravos companheiros vermelhos de eterna luta.
Um VIVA para o "Mané" de cá !!!
Porrada aos "do lado de lá", afinal a luta continua...SEMPRE!!!



A nossa JUSTA homenagem ao Partido Comunista Portugues que derrubou a tirania salazarista com flores.

Nenhum comentário: