"Mon Fondue de Verde e Amarelo"

Maneira errada de se reaver uma "receita" perdida junto com uma agenda:

"Mentiras"

Nada ficou no lugar
Eu quero quebrar essas xícaras
Eu vou enganar o diabo
Eu quero acordar sua família...
Eu vou escrever no seu muro
E violentar o seu gosto
Eu quero roubar no seu jogo
Eu já arranhei os seus discos...
Que é pra ver se você volta,
Que é pra ver se você vem,
Que é pra ver se você olha,Pra mim...

Nada ficou no lugar
Eu quero entregar suas mentiras
Eu vou invadir sua aula
Queria falar sua língua...
Eu vou publicar os seus segredos
Eu vou mergulhar sua guia
Eu vou derramar nos seus planos
O resto da minha alegria...
Que é pra ver se você volta,
Que é pra ver se você vem,
Que é pra ver se você olha,Pra mim...

AINDA NÃO ESTAMOS SOB CENSURA MAS NO LUGAR DO QUE REALMENTE GOSTARIAMOS DE DIZER,
PUBLICAREMOS A TAL RECEITA :

( Clique na Receita para amplia-la )

3 comentários:

uai, mundo? disse...

A temperatura ideal para assar isso tudo é aquela que irradia dos holofotes da mídia, tendo as caras untadas com óleo de peroba e aquele semblante que dá uma insuspeita credibilidade junto aos incautos comensais.
Valeu, meu caro Ênio. Paz e bem.

everaldo disse...

...e nunca esquecer de olhar a data de validade de cada ingrediente pra num azedà. Os que estão nesta lista tão todos vencidos.

Anônimo disse...

1 velha senhora, lá no interior de SC, mae dumn colega meu bem q dizaia assim:

"nesta vida, morro mas nao vejo tudo!"

Serve pro meu caso: é tudo merda, tá bem, mas vá ter merda de tantos matizes assim lá na casa do carái ...

Ex puta? Já ví.
Ex PM? Já ví.
Ex padre? Ex político, ex padeiro, ex marido, ex catador de papel, ex atleta ... tudo isso já ví.

Mas, ex petista? Nao, isso nao.

Ou entao nao era petista.

Inté,
Murilo